Notebook Acer Happy One com Android e Windows 7

Notebook Acer Happy
Notebook Acer Happy

Como as noites escuras de inverno chegando, a Acer está a tentar afastar os nossos pensamentos de tristeza com o Aspire One Happy, oferecidos em quatro cores animadoras. Mas essa não é a única coisa que é diferente sobre este netbook. Ele também vem com os dois sistemas operacionais: Windows 7 Starter e Android 2.1. Se você está pensando em o adquirir, saiba que poderá escolher entre todas as cores do arco-íris, por aproximadamente, R$1.100 no Brasil.
A principal diferença entre os netbooks Happy “Felizes” e outros da família Aspire é a variedade de cores em oferta: rosa, roxo, verde e azul.
Tivemos a versão rosa para análise. Certamente parece bastante surpreendente. O acabamento parece barato comparado ao do Samsung N220 mais caros, mas o netbook parece mais robusto e resistente. A tela pequena, de 10,1 polegadas significa que é muito portátil e, certamente, pequeno o suficiente para carregar em uma mochila ou uma bolsa grande. Com apenas 1,3 kg, ele não vai pesar muito.

A tela pode ser pequena, mas sua resolução é muito boa pelos padrões dos netbooks, em 1024 x600 pixels. Sua iluminação por LED ajuda a produzir imagens muito brilhante e, graças ao revestimento brilhante, as cores são incrivelmente ricas e dinâmicas. Mas o acabamento brilhante faz com que seja bastante reflexivo, que é perceptível quando você usa-lo em ambientes claros.
As teclas são bem grandes e laras para os padrões dos netbooks, sente-se sensível.

Disco rígido de 250GB. Conectividade boa, alta velocidade do Bluetooth, assim como Wi-Fi 802.11n. Você também terá três portas USB, bem como um leitor de cartões SD de memória.

Tal como o Aspire One D255, cujo review fora anterior, o Happy vem com dois sistemas operativos: Windows 7 Starter e Android 2.1. Este último é mais comumente encontrado em telefones inteligentes e não funciona bem nesse netbook. Apesar dere cargas para o Android serem mais rápidas que o Windows, parece estranho usar, que não é surpreendente, pois foi projetado principalmente para dispositivos touchscreen.

Por exemplo, para sair de uma aplicação, você tem que estender a mão e apertar a tecla Esc – você não pode simplesmente clicar em um ‘X’ no canto do aplicativo, como você pode no Windows. Na verdade, há momentos em que o Android sente-se mais lento do que o Windows 7. Mas, se você não quer usar o Android, você pode simplesmente desativá-lo através de um aplicativo fácil de usar no Windows.

A velocidade de processamento é baixa, porém a bateria é de longa duração:

Como o Happy usa um single-core processador Intel Atom N450, ao invés do N550 dual-core encontrados no D255, seu desempenho é um pouco semelhante ao de um netbook tradicional. No teste de benchmark PCMark05, conseguiu uma pontuação de 1244. Isso indica que está tudo bem para tarefas simples como e-mails e navegação na Web, mas, porém como a maioria dos netbooks é um pouco lento quando se trata de multitarefas. Ela ainda se esforçou para jogar sem problemas com definições de video padrão feeds no iPlayer da BBC, por exemplo.

Pontos Fracos:
Devido a placa de video, simples, GPU Intel GMA, não há potência para lidar com jogos 3D, algo que é evidente a partir da sua humilde pontuação de 149 no 3DMark06.

Pontos Fortes:
No teste Battery Eater, o Happy conseguiu continuar funcionando por 4 horas e 45 minutos, que é ótima média para um netbook nesta faixa de preço. Mas esse teste é muito intensivo, acionando constantemente o processador, por isso, em condições do mundo real, é provável que você se aproxime da vida da bateria real, em 8 horas que a Acer cita para este modelo.

O Acer One Happy é um netbook decente, além da gama de cores que está disponível mas também pela presença de Android 2.1, com preços atraentes vide Loja Acer Happy.

Deixe um comentário